21.2.06

Eu me rendo ao Vertigo

Foi do sofá que assisti à apresentação do U2 no glorioso Estádio do Morumbi. Aliás, percebo que dos quatro textos publicados neste Espaço, três surgiram no sofá lá de casa. Sinal que estou precisando sair mais.
Fui ao show de 98, também no glorioso campo tricolor. Era tanta gente, tanta, que uma pessoa como eu, 1 metro e meio, naquela pista próxima ao palco, não conseguia enxergar nada, nem telão.
Saí do show – de 98 – com um gostinho de que faltou alguma coisa. No palco daquele ano, uma banda mais introspectiva, sem aquela pegada do U2 que eu esperava ver.
De casa, em 2006, ao fim do show fiquei com um gostinho de quero mais. Quem enfrentou o caos para comprar os ingressos deve ter se sentido mais que recompensado. No palco, uma banda vigorosa, vertiginosa, que interagiu com o público em todos os momentos do show.
No set list, clássicos que não podem faltar. O lado B, para os fãs que vão além dos hits de rádio, podia ter sido um pouco melhor. The Fly eletrizou a todos, inclusive eu que acanhada no sofá achei que seria ridículo nos meus trinta e poucos ficar dançando sozinha na frente da TV.
No fim, que fim, um solo de batera e 70 mil pessoas num coro. Primeiro saiu a voz, Bono. Depois saiu a alma, o baixo Adam Clayton, em seguida, The Edge , para deixar sozinho no palco Larry Mullen. Sentado em sua batera, Larry ouve por instantes o som dos fãs e resolve acompanhar o coro, num solo de bateria. Incrível do sofá, imagine para quem foi mesmo.

5 comentários:

  1. Um show de babar ... ficamos aqui em casa com cara de quem está chupando o dedo. Achei que para quem foi, o show valeu cada centavo de seu caríssimo ingresso!!! Nosso sofá tb vibrou!! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Re, ja fui a mtos shows, mas esse deu de dez. O melhor que eu jah vi em termos de iluminacao e politizacao. muito emocionante.
    bjo

    ResponderExcluir
  3. e a mulher era uma mocréia
    mas o show foi tudo mesmo

    ResponderExcluir
  4. Valeu mesmo cada centavo e cada minuto de sofrimento e calor naquela fila insuportável de 16/01. Inesquecível e muito melhor que o de 98. Senti falta de "Bad", "Stay", "Staring at the Sun", "Hold Me", "Thrill Me, Kiss Me, Kill Me", "All I Want is You", "I Will Follow", "Gloria" e outras mais. O show deveria ter pelo menos três horas... :-)

    ResponderExcluir
  5. Ah, e como não consegui ver o show de terça, usei parte do dinheiro para comprar o DVD Vertigo 2005 Chicago. Vale muito a pena também! Tudo bem que os americanos não têm a vibração que nós temos aqui, mas é basicamente o mesmo show que vimos aqui. Pensei que não fosse tão bom porque aconteceu em um ginásio (do Bulls), mas o palco é aquele mesmo, com toda aquela iluminação. Sensacional! Bem que eles podiam agora lançar o DVD dos shows aqui no Brasil.

    ResponderExcluir