5.7.06

No creo en las brujas, pero que las ay, las ay

O famoso dito popular, aplica-se a quase tudo o que, aparentemente, não é explicado.
  • Como explicar o aparecimento de votos no lixo nas eleições presidenciais mexicanas?
  • Como explicar a não contabilização de 3.300 votos em Los Altos de Chiapas e de tantos mais em outras províncias?
  • Como explicar a real possibilidade de um povo já acostumado a ser um quintal do Tio Sam, de repente se dividir e depositar suas esperanças num candidato Obrador?
Mas para a eleição Mexicana talvez ele não sirva muito, ou melhor, talvez só sirva para os conservadores, para o governo norte-americano e para os arautos do neoliberalismo, que não querem admitir o fracasso de suas políticas que trouxeram miséria e exclusão.

O que está se passando no México é a luta entre os que querem romper com o imperialismo, com, com a Nafta, trilhar um caminho mais soberano, e os que querem manter o povo mexicano subjugado, de joelhos.

Dá-lhe Obrador!

3 comentários:

  1. Rita Fagundes9:39 PM

    É Renata, um dia toda a América Latina, ficará livre. E lembrando Eduardo Galeano, o lado dos países que se especializam em ganhar, também se especializarão em perder...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo8:25 AM

    Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
    »

    ResponderExcluir
  3. Anônimo5:19 AM

    I find some information here.

    ResponderExcluir