18.7.06

A semana

O nome é alemão, mas o crime é genuinamente nacional. Não aguento mais ouvir falar no "Caso von Richthofen". Pois é, nome difícil, mas de tanto ser martelado na nossa cabeça até gago já manda - o o o o ca ca ca so von Richthofen. Não é para ser engraçado - e para ser dramático.

Existe uma eleição presidencial acontecendo neste exato momento no Brasil, e a imprensa apenas alardeia juris, e outras tantas manchetes popularescas. No rádio, a CBN foi o dia todo a mesma lenga-lenga requentada, amassada, virada do avesso e de todos os lados para ver se espremia de algum jeito alguma notícia, nem que fosse uma única palavra, que pudesse ser novidade neste caso.

No futebol, voltamos ao arroz com feijão do brasileirão - que anda bem saboroso com o Tricolor em primeiro. A Libertadores será a grande tensão desta quarta-feira. É ganhar ou morrer.

Fora isso, um cineminha de vez em quando né, que ninguém é de ferro. A dica é o belíssimo Elza e Fred, de Marcos Carnavale. O filme é uma co-produção entre Argentina e Espanha e mostra com bom-humor, sensibilidade e elegância uma história de amor entre os personagens já octagenários. Toda essa badalação em torno do cinema argentino não é sem razão. Eles estão em alta e a todo vapor.

2 comentários:

  1. Anônimo8:25 AM

    Your website has a useful information for beginners like me.
    »

    ResponderExcluir
  2. Anônimo5:19 AM

    I find some information here.

    ResponderExcluir